Antiga Capela de São Manuel - Marco-CE.

 As primeiras manifestações de apoio eclesial provêm da edificação da capela em honra de São Manuel, construída em 1870. Essa capela, depois de reformada e ampliada, transformou-se em Igreja-Matriz, conforme portaria de autoria do Bispo de Sobral, D. José Tupinambá da Frota, datada de 31 de dezembro de 1941. Ainda por ato de D. José e na mesma data, criou-se a Freguesia, sendo seu primeiro vigário o padre Francisco Ferreira Apoliano, empossado a 6 de janeiro de 1942, data em que também foi instituída a paróquia. Padre Apoliano muito fez pelo progresso de Marco, pois ainda sendo Distrito de Licânia (Santana do Acaraú) sofria com o abandono por parte dos seus governantes e pela distância da sede para o distrito. São obras de padre Apoliano a primeira barragem sobre o rio Acaraú, na travessia do Lado Direito, que assim permitiu que carros e caminhões chegassem a cidade vindos principalmente de Sobral e Fortaleza; a implantação da Cáritas, que muito ajudou as pessoas mais necessitadas e capacitação para parteiras, pois na época não havia hospital e nem como se locomover por falta de estradas e pontes. Depois de um incidente envolvendo o padre Apoliano, que foi afastado, vieram a seguir os padres Tupinambá, depois o padre Egberto, estes sem muita expressão histórica, até a chegada do Monsenhor Waldir Lopes de Castro, o maior Benfeitor da História de Marco,como missionário, pacificador, educador, evangelizador, empreendedor e acima de tudo, humildade. Instituiu o sistema de Dirigentes Leigos nas comunidades, sendo o primeiro deles o senhor Manuel Amadeus Soeiro, em Gado Bravo e senhor Francisco Linhares em Santa Rosa, como testes. Deu tão certo que hoje todas as comunidades tem seu dirigente com sua respectiva capela. São obras de Monsenhor Waldir uma barragem sobre o rio Acaraú, o Santuário do Sagrado Coração de Jesus, localizado no bairro de mesmo nome, a reforma da Igreja Matriz de São Manuel, reforma do Patronato Mater Dei, implantação do Ginásio CNEC, um dos pioneiros da Zona Norte do Estado, do qual foi diretor e professor, mas sua maior obra foi a conquista do povo, que é o maior patrimônio, com cerca de 95% de católicos praticantes e dizimistas. Nosso pároco atual é Nonato Timbó, natural de Hidrolândia-CE, que tomou posse em 23 de Fevereiro de 2017.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Top