Homilia (Mp3) do 3° Domingo do Advento, Monsenhor Rômulo, Paróquia de São Manuel do Marco-CE.

A liturgia convida-nos hoje a interiorizar na vida a mensagem da alegria, como virtude indispensável nesta caminhada para o Natal. Ao fazê-lo, repete-nos as palavras de S. Paulo na Carta aos fiéis da Igreja de Éfeso: «Alegrai-vos sempre no Senhor!»

Evangelho (Jo 1,6-8.19-28)
Domingo, 14 de Dezembro de 2014.


6Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. 7Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8Ele não era a luz, mas veio dar testemunho da luz. 19Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: “Quem és tu?”
20João confessou e não negou. Confessou: “Eu não sou o Messias”.
21Eles perguntaram: “Quem és então? És tu Elias?” João respondeu: “Não sou”. Eles perguntaram: “És profeta?” Ele respondeu: “Não”.
22Perguntaram então: “Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?” 23João declarou: “Eu sou a voz que grita no deserto: ‘Aplainai o caminho do Senhor’” conforme disse o profeta Isaías.
24Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus 25e perguntaram: “Por que então andas batizando, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?”
26João respondeu: “Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, 27e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias”.

28Isto aconteceu em Betânia, além do Jordão, onde João estava batizando.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Top